quinta-feira, 3 de novembro de 2011

TRANSFORMAÇÃO DO MUNDO - TEXTO


TEXTO PUBLICADO NO BOLETIM COMUNITÁRIO "União Comunitária" das comunidades católicas Bom Pastor, São Francisco de Assis e São João Batista. O texto foi lido em uma das reuniões pedagógicas da Escola Municipal do Bairro Jardim das Rosas e ilustra bem a proposta pedagógica da escola.

SER VOLUNTÁRIO Lembrando deste detalhe importante...
TRANFORMAÇÃO DO MUNDO

A maioria das pessoas quer mudar o mundo,
SOMENTE, não a si mesmas.
Os outros tem que mudar.
"Os de cima", dizem os de baixo.
"Os de baixo", dizem os de cima.
"Os homens", dizem as mulheres.
"As mulheres", dizem os homens.
"Os alunos", dizem os professores.
"Os professores", dizem os alunos.
"Os pais", dizem a escola.
"A escola", dizem os pais.
Começamos a ameaçar e pressionar.
Compreendemos tão dificilmente...
Que ninguém tem o direito de forçar outros a uma mudança.
Quem quer mudar as pessoas à força É um ditador.
O homem é o único ser Que consegue mudar a sim mesmo
Somente assim munda o modo da convivência humana.
Estruturas sociais Não podem mudar a si mesmas.
Estas são feitas por pessoas, Sustentadas e mantidas por pessoas.
Quando os homens não mudam, Não muda coisa alguma.
Transformar o mundo?
Começo esta tarefa sempre de novo Comigo mesmo.

Fonte: Phil Bosmans in: Ser Voluntário. Quem? Eu? Reflexões para os nossos dias. Coletânea elaborada pro Tini Shoenmaker Stoltenborg. Campinas: Editora Komedi, 2001 -páginas 60-61. Texto adaptado à escola por Breno José de Araújo.

Dialoga com:

CAPÍTULO 16 Do sofrer os defeitos dos outros
1. Aquilo que o homem não pode emendar em si mesmo ou nos demais, deve-o tolerar com paciência, até que Deus disponha de outro modo. Considera que talvez seja melhor assim, para provar tua paciência, sem a qual não têm grande valor nossos méritos. Todavia, convém, nesses embaraços, pedir a Deus que te auxilie, para que os possas levar com seriedade.

2. Se alguém, com uma ou duas advertências, não se emendar, não contendas com ele; mas encomenda tudo a Deus para que seja feita a sua vontade, e seja ele honrado em todos os seus servos, pois sabe tirar bem do mal. Procura sofrer com paciência os defeitos e quaisquer imperfeições dos outros, pois tens também muitas que os outros têm de aturar. Se não te podes modificar como desejas, como pretendes ajeitar os outros à medida de teus desejos? Muito desejamos que os outros sejam perfeitos, e nem por isso emendamos as nossas faltas.

3. Queremos que os outros sejam corrigidos com rigor, e nós não queremos ser repreendidos. Estranhamos a larga liberdade dos outros, e não queremos sofrer recusa alguma. Queremos que os outros sejam apertados por estatutos e não toleramos nenhum constrangimento que nos coíba. Donde claramente se vê quão raras vezes tratamos o próximo como a nós mesmos. Se todos fossem perfeitos, que teríamos então de sofrer nós mesmos por amor de Deus?

4. Ora, Deus assim o dispôs para que aprendamos a carregar uns o fardo dos outros; porque ninguém há sem defeito; ninguém sem carga; ninguém com força e juízo bastante para si; mas cumpre que uns aos outros nos suportemos, consolemos, auxiliemos, instruamos e aconselhemos. Quanta virtude cada um possui, melhor se manifesta na ocasião da adversidade; pois as ocasiões não fazem o homem fraco, mas revelam o que ele é.
Do livro: Imitação de Cristo.

Assim, numa escola onde tem diversos atores sociais o mais importante é construir consensos. Ninguém pode ser excluído do processo, precisa-se de todos. Não pode haver ressentimentos e ódios incontidos. Pode haver conflitos, sempre haverá. No conflito há crescimento. Precisa haver tolerância.

O Todo é muito maior que a soma das partes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FORMATURA 2011

FORMATURA 2012

Formatura 2013

Nono ano 2014

Localização

Custa Estudar?

Objetivo do blog

Divulgar para a comunidade escolar como funciona a escola.

Escola Municipal do Bairro Jardim das Rosas

Escola Municipal do Bairro Jardim das Rosas

Ler e escrever!

A função primordial de uma ESCOLA é ensinar o aluno a LER e a ESCREVER. Quando ele aprende a LER e a ESCREVER, deve então LER e ESCREVER! Transformando - se assim num CIDADÃO. Capaz de LER o mundo que o cerca e de ESCREVER sua própria história.



Esse blog é uma ferramenta onde os alunos e toda a comunidade da Escola Municipal do Bairro Jardim das Rosas possam fazer uso da LEITURA e da ESCRITA tendo como assunto principal a si próprios como SUJEITOS DO CONHECIMENTO que são.







Escola e Democracia

Dermeval Saviani em sua obra: Escola e Democracia – polêmicas do nosso tempo diz:

Uma pedagogia articulada com os interesses populares valorizará, pois, a escola; não será indiferente ao que ocorre em seu interior, estará empenhada em que a escola funcione bem; portanto, estará interessada em métodos de ensino eficazes. Tais métodos se situarão para além dos métodos tradicionais e novos, superando por incorporação as contribuições de uns e de outros. Portanto, serão métodos que estimularão a atividade e iniciativa dos alunos sem abrir mão, porém, da iniciativa do professor; favorecerão o diálogo dos alunos entre si e com o professor mas sem deixar de valorizar o diálogo com a cultura acumulada historicamente; levarão em conta os interesses dos alunos, os ritmos de aprendizagem e o desenvolvimento psicológico mas sem perder de vista a sistematização lógica dos conhecimentos, sua ordenação e gradação para efeitos do processo de transmissão-assimilação dos conteúdos cognitivos.