quinta-feira, 14 de maio de 2015

FAMÍLIA E ESCOLA - PARCEIROS NA APRENDIZAGEM

ESCOLA MUNICIPAL DO BAIRRO JARDIM DAS ROSAS – 8978-1039
INFORMATIVO PARA OS PAIS
PARCERIA ESCOLA-FAMÍLIA

Somos parceiros na função de educar, portanto precisamos falar uma mesma “linguagem” para o bem da criança/adolescente que é o nosso sujeito de aprendizagem comum.  O contato entre nós deve ser frequente e constante,  qualquer dúvida pode vir à escola que estamos disponíveis para atende-lo. Gostaríamos que soubessem que a escola tem algumas informações básicas:

·         Telefone: 8978-1039/ 3533-6368.
·         Horário de entrada  é 7 horas, cada aula é de 50 minutos, se o aluno demora para chegar à escola é tempo da aula que ele está perdendo.
·         Observe se o seu filho está saindo de casa com uma roupa adequada para vir à escola, principalmente as meninas, sem decotes ou short curto.
·         O ano é dividido em quatro bimestres, com a seguinte somatória de pontos: 20,20,30 e 30. A média é 12,12,18 e 18. Somando a média, dá os 60 pontos disponíveis para passar de ano. A escola oferece a recuperação bimestral para o aluno
·         A cada bimestre haverá uma reunião para entrega do boletim escolar. O segundo bimestre termina em julho.
·         Observando o boletim, se houver médias perdidas, ainda dá tempo para recuperar nos próximos bimestres.
·         Observamos que na segunda e na sexta  a frequência à aula é menor. Vir à aula é a primeira atitude para aprender. Quando o aluno falta, a aula não deixou de acontecer, houve matéria dada.
·         Se o aluno faltou por algum motivo, deve-se justificar essa falta, e pegar a matéria que perdeu com o professor. Lembrando que na ausência, o aluno perde a explicação da matéria.
·         A segundo atitude para aprender é manter o caderno em dia, a escola recomenda a utilização de cadernos separados para cada matéria.
·         Os professores e o orientador dão vistos nos cadernos do aluno, pedimos que a família observe e nos ajude nessa tarefa. Isso tem dado resultado satisfatório.
·         A segunda atitude para aprender: é estudar em casa, só vir à escola não basta para aprender e passar de ano é preciso dedicar uma hora em casa para fazer os exercícios e os trabalhos escolares.
·         As médias perdidas podem ser explicadas em muitos casos por isso, não realização de atividades em sala e não entrega dos trabalhos.
·         Infelizmente, há pessoas de má índole que pegam os pertences dos outros, procurando evitar que isso aconteça pedimos a colaboração de todos para que cada um cuide do seu material, não o deixe sozinho na sala, e o leve sempre consigo para se evitar perdas e furtos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

FORMATURA 2011

FORMATURA 2012

Formatura 2013

Nono ano 2014

Localização

Custa Estudar?

Objetivo do blog

Divulgar para a comunidade escolar como funciona a escola.

Escola Municipal do Bairro Jardim das Rosas

Escola Municipal do Bairro Jardim das Rosas

Ler e escrever!

A função primordial de uma ESCOLA é ensinar o aluno a LER e a ESCREVER. Quando ele aprende a LER e a ESCREVER, deve então LER e ESCREVER! Transformando - se assim num CIDADÃO. Capaz de LER o mundo que o cerca e de ESCREVER sua própria história.



Esse blog é uma ferramenta onde os alunos e toda a comunidade da Escola Municipal do Bairro Jardim das Rosas possam fazer uso da LEITURA e da ESCRITA tendo como assunto principal a si próprios como SUJEITOS DO CONHECIMENTO que são.







Escola e Democracia

Dermeval Saviani em sua obra: Escola e Democracia – polêmicas do nosso tempo diz:

Uma pedagogia articulada com os interesses populares valorizará, pois, a escola; não será indiferente ao que ocorre em seu interior, estará empenhada em que a escola funcione bem; portanto, estará interessada em métodos de ensino eficazes. Tais métodos se situarão para além dos métodos tradicionais e novos, superando por incorporação as contribuições de uns e de outros. Portanto, serão métodos que estimularão a atividade e iniciativa dos alunos sem abrir mão, porém, da iniciativa do professor; favorecerão o diálogo dos alunos entre si e com o professor mas sem deixar de valorizar o diálogo com a cultura acumulada historicamente; levarão em conta os interesses dos alunos, os ritmos de aprendizagem e o desenvolvimento psicológico mas sem perder de vista a sistematização lógica dos conhecimentos, sua ordenação e gradação para efeitos do processo de transmissão-assimilação dos conteúdos cognitivos.